Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Mulher



Histórico


    Votação
     Dê uma nota para meu blog


    Outros sites
     UFF
     EEAAC
     Proac- enfermagem
     COFEN - Conselho Federal de Enfermagem
     ABEn - Associação Brasileira de Enfermagem
     COREN - RJ
     O PROCESSO DA ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS EM FOCO
     Legislação sobre a prática farmacêutica hospitalar
     Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)


     
    ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS


    PREPARO DE VENÓCLISE

    VENÓCLISE

     

     

    PROCEDIMENTO

    OBSERVAÇÕES

    1- Ler atentamente a prescrição médica, cálculo e rótulo.

     

    2- Lavar as mãos.

     

    3- Preparar material necessário.

     

    4- Preparar medicação a ser administrada (montar soro e equipo).

     

    5- Preparar rótulo para o frasco contendo: nome do paciente, nº do leito, solução, gotejamento (n º de gotas por minuto), data, hora e assinatura.

     

    6- Levar o material e orientar o cliente quanto ao procedimento.

     

    7- Pendurar o frasco no suporte de soro.

     

    8- Eleger o local.

     

    9- Localizar o impermeável abaixo do local da punção.

     

    10- Garrotear mais ou menos de 05 à 15cm acima do local eleito.

     

    11- Fazer antissepsia.

     

    12- Calçar as luvas de procedimento.

     

    13- Tracionar a pele para facilitar a punção.

     

    14- Puncionar veia escolhida, observando o refluxo sanguíneo.

     

    15- Retirar o garrote.

     

    16- Conectar escalpe ao equipo, abrir a pinça do equipo. Proceder à fixação.

     

    17- Controlar o gotejamento já calculado.

     

    18- Terminar a fixação (prendendo com esparadrapo).

     

    19- Manter unidade em ordem.

     

    20- - Desprezar material.

     

    21- Lavar as mãos.

     

    22- Anotar o procedimento. (Checar na prescrição do paciente que a medicação foi administrada no respectivo horário).

     

    • Retirar  todo o ar do equipo de soro.

     

    • Evitar áreas com ferimentos e que já tenha sido puncionada.

     

     

    • Fazer tricotomia na área, caso necessário.

     

    • Evitar punções em membros inferiores.

     

     

    • Colocar braço abaixo do nível do tórax, massagear ou aplicar compressa morna são artifícios para melhorar visualização da veia.

     

    • Pedir ao cliente para fechar a mão antes da punção.

     

     

    • Após introduzir agulha e verificar sucesso na punção, pedir ao cliente  para abrir a mão.

     

    • O bisel deve estar para cima.

     

    • Utilizar o escalpe apenas para uma tentativa.

     

     

    • Retirar a agulha na presença de hematoma, infiltração ou dor.

     

    Vídeo explicativo de venóclise:

    Referências Bibliográficas:

     

    SÁ, S. P. C.; LIMA, J. L, LINDOLPHO, MIRIAN. Cálculo e Administração de Medicamento por via  endovenosa. EDUFF Niterói. Rio de Janeiro, 2007.

    FAKIH, Flávio T. Manual de Diluição e Administração de Medicamentos Injetáveis. Rio de janeiro: Reichamann & Affonso Ed, 2000



    Escrito por Blog Fundamentos de Enf. II às 01h02
    [] [envie esta mensagem] [ ]



    PROCEDIMENTO PARA PREPARO E ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAÇÃO ENDOVENOSA

    Os profissionais de enfermagem estarão aptos para administração de medicações, se estiverem sempre pautado nos PRINCÍPIOS GERAIS DE ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS:

     CONHECER droga prescrita que será administrada;  SABER como calcular a quantidade necessária de medicamento a partir da apresentação da droga disponível;  VERIFICAR os cinco certos da administração de medicamentos; EVITAR distrações durante o preparo;   REVOLVER as dúvidas dos clientes antes da administração da medicação;   CONHECER os possíveis efeitos adversos;   REGISTRAR intercorrências e efeito da medicação.

     

    MEDICAÇÃO ENDOVENOSA

    PROCEDIMENTO

    OBSERVAÇÕES

    1- Leia atentamente a prescrição médica e calcule, se necessário.

     

    2- Lavar as mãos.

     

    3- Preparar material necessário.

     

    4- Preparar medicação a ser administrada.

     

    5- Levar o material e orientar o cliente quanto ao procedimento, certificando-se de seu nome.

     

    6- Eleger o local.

     

    7- Localizar o impermeável abaixo do local da punção.

     

    8- Garrotear mais ou menos de 05 à 15cm acima do local eleito.

     

    9- Fazer antissepsia.

     

    10-Calçar as luvas de procedimento.

     

    11- Tracionar a pele para facilitar a punção.

     

    12- Puncionar a veia escolhida, observando o refluxo sanguíneo.

     

    13- Retirar o garrote.

     

    14- Introduzir lentamente a medicação.

     

    15- Ao término retirar a agulha e pressionar o local colocar pedaço pequeno de esparadrapo.

     

    16- Manter unidade em ordem.

     

    17- Desprezar material.

     

    18- Lavar as mãos.

     

    19- Anotar o procedimento (Checar na prescrição do paciente que a medicação foi administrada no respectivo horário).

     

    • Expelir todo o ar da seringa.

     

     

    • Evitar áreas com ferimentos e que já tenha sido puncionada.

     

     

    • Fazer tricotomia na área, caso necessário.

     

      

    • Evitar punções em membros inferiores.

     

     

     

    • Colocar braço abaixo do nível do tórax, massagear ou aplicar compressa morna 10 a 15 minutos são artifícios para melhorar visualização da veia.

     

     

    • Pedir ao cliente para fechar a mão antes da punção.

     

     

    • Após introduzir agulha e verificar sucesso na punção, pedir ao cliente para abrir a mão. O bisel da agulha deve estar para cima. Não reutilizar o mesmo scalp ou agulha, caso não consiga puncionar na 1ª tentativa.

     

     

    • Retirar a agulha na presença de hematoma, infiltração ou dor.

     

    Referências Bibliográficas:

    SÁ, S. P. C.; LIMA, J. L, LINDOLPHO, MIRIAN. Cálculo e Administração de Medicamento por via  endovenosa. EDUFF Niterói. Rio de Janeiro, 2007.

    FAKIH, Flávio T. Manual de Diluição e Administração de Medicamentos Injetáveis. Rio de janeiro: Reichamann & Affonso Ed, 2000



    Escrito por Blog Fundamentos de Enf. II às 23h09
    [] [envie esta mensagem] [ ]




    [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]